fbpx

Um novo conceito de apartamento alto padrão

Momento é positivo para investir em imóvel

A Caixa Econômica Federal anunciou medidas de financiamento imobiliário que beneficiam pessoas físicas. Dentre elas, seis meses de carência para novos contratos, ou seja, as pessoas físicas iniciarão o pagamento das parcelas somente após esse período. A condição passou a valer para contratos fechados a partir de 13 de abril.

Outra medida, anunciada por Pedro Guimarães, presidente da CAIXA, foi referente a contratos de pessoa física anteriores à data: o atual prazo de três meses de suspensão pode ser esticado em casos de agravamento da crise atual. Nesses casos, os clientes devem procurar o banco e solicitar a suspensão. Foi anunciada também a possibilidade de utilizar o FGTS para pagar parte da prestação.

Além do anúncio principal, outras medidas também foram disponibilizadas para pessoas físicas:

-Clientes adimplentes ou com até duas parcelas em atraso poderão optar pelo pagamento parcial da prestação do financiamento, por 90 dias;

-Aos clientes que constroem com financiamento da Caixa (construção individual), será permitida a liberação antecipada de até duas parcelas, sem a vistoria;

-Renegociação de contratos com clientes em atraso entre 61 e 180 dias, permitindo pausa ou pagamento parcial das prestações;

-Pausa de 90 dias no financiamento habitacional, para clientes adimplentes ou com até duas parcelas em atraso, incluindo os contratos em obra.

A CAIXA recomenda seus canais digitais, como banco pela internet, aplicativos para celulares, como o “Habitação CAIXA”, além dos telefones 3004-1105 e 0800 726 0505. Para renegociação dos contratos, o cliente pode entrar em contato pelo telefone 0800 726 8068.

 

Fonte: G1 – https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/04/09/caixa-anuncia-6-meses-de-carencia-nas-prestacoes-de-novos-contratos-habitacionais.ghtml

WhatsApp Fale com a nossa equipe